Miguel, OMO (and, or, not) PRESTO


(a) Como se faz um exercício de lógica de uma peça jornalística: ou (b) a lógica quando usada na politica sabonete; e (c) na lógica, sabão e politica podem coexistir ?
É magnífico ouvir o silêncio daquele homem, Thomas Hardy
O Exmo. Sr. Presidente do Governo Regional da Madeira, Dr. Miguel Albuquerque, veio por estes dias dar a sua interpretação/tradução sobre o discurso de Ano Novo, do Exmo. Sr. Presidente da República, Dr. Marcelo Rebelo de Sousa, no Diário de Noticias. Dessa penosa peça interpretativa, que estava bem acompanhada por interpretações chochas, apalermadas de outros ilustres, resultou esta .....minha interpretação. Também tenho direito.

(NOTA IMPORTANTE) porque ás tantas, para não serem confundidos na prosa, (1) é uma tradução do Dr. Miguel Albuquerque, ao discurso de Ano Novo (2) do Dr. Marcelo Rebelo de Sousa e (3) é a minha interpretação sobre o que deverá ter pensado o Dr. Miguel Albuquerque, depois a ler a peça jornalística ( do DN Madeira )

Assumamos quer-me parecer, que o Dr. Miguel Albuquerque, não tenha ficado satisfeito, depois de ter saído a peça jornalística; Ou não a leu; Ou então mandou alguém ler e depois traduzir; Ou ”comeci-começa “; Ou apenas assumiu os likes ou gostos numa contagem; Ou positivamente nem pensou no que disse; e provavelmente está "borrifando-se" para o que se escreve na RAM, excepto talvez o JM.. Aliás, dada a cultura vigente, é nesta hipótese em que aposto.

Assim e de novo, para os meus doutos leitores, depois de uma tradução/interpretação(1) de um discurso(2), vem a minha interpretação(3) do que poderia ter pensado o Dr. Miguel Albuquerque, depois de ter lido(?) a transcrição da sua tradução/interpretação(1) de um discurso(2). Confusos ? também eu. (1), (2) e (3). Era uma vez um discurso de sabão …..
Nas nossas democracias a ânsia da maioria dos mortais é alcançar em sete linhas o louvor do jornal. Para se conquistarem essas sete linhas benditas, os homens praticam todas as acções - mesmo as boas. Eça de Queiroz

Parte 1

Começa(1) por dizer ter sido um discurso(2) “lucido” e “objectivo” e falar no “acto de votar” e a importância de votar “sobretudo nas eleições europeias” porque, descobre (acho) agora, que a Europa está sob ataque de movimentos que podem fazer perigar a paz de 70 anos na mesma.

Minha interpretação do que terá pensado a ler.
Ora, como este escriba me pôs esta questão e na altura até estava no ginásio a fazer pilates, a preparar-me para a festa, por isso não ouvi o discurso, e como tenho que falar, vou fazer “copy and cut” e depois “past and cut” ou “past and copy”  e apresento (2) o mesmo por ordem inversa das palavras. Os meus súbditos, eleitos e seguidores vão-me achar incrível em sapiência e com conhecimentos suficientes em assuntos europeus, para poder presidir a uma estância turística que pretendemos europeia, do Atlântico aos Urais. Hummm boa esta …. Ou não ? melhor não ter dito nada. Foi boa aquela de falar em votar SOBRETUDO (espero que sublinhem) nas eleições europeias. Porque ficam cansados esquecem as outras, nas que me dão jeito, as Regionais é melhor deixar passar sem muito barulho. O JM ainda me vai dar uma mão. Por mim faziam-se sempre a 29 de Fevereiro em anos não bissextos.È muita boca para alimentar. Os filhos, os afilhados os cadilhes ….., ponho a Segurança Social a tratar dos velhotes, como fazia o AJJ, os jotas a controlar, umas inaugurações ( mesmo virtuais, porque o Hospital vai dar para muitas …… hummmm a 1ª pedra, a 1ª árvore, o 1º caminho, …. Hummm vou por o pessoal a pensar nisto ) e “já era”. O careca, vai ficar sem o resto da penugem. E falar na Europa, que sapiência a minha, que lucidez, …. Mas a foto, não me dá ar doutoural. Não, pareço cansado, chupado, as olheiras, as faces encovadas hummmm …..
O vinho e a música, sempre foram para mim um magnífico saca-rolhas, Anton Tchekhov

Parte 2

Depois galvanizado ( não em tempera, nem em aço ) continua “….outro alerta que foi feito, foi para os populismos ……esquerda e direita….as pessoas estarem atentas e não se iludirem por falsas noticias….e basearem as suas escolhas na credibilidade ……”

Minha interpretação do que terá pensado a ler.
Caneco, porque não me calei. Caramba. Vá lá que tenho aqui a CS um bocado zonza e pode ser que ninguém leia. Bendito o regime de educação de AJJ e que mantive, com aquele professor-secretário ou secretário-professor (nunca acerto), que tanto me chateia e ultrapassa, que ainda permita, a educação, que poucos percebam que coloquei a pata na poça. Populismos ….. falsas noticias …. Mas sou eu, não é ? não estive nada bem. De onde saí, para dizer isto ? Não dormi, foi isso, não dormi. Verdade, não estou bem na fotografia. Estou chupadito, pareço estar "azoado", estou nas lonas. Foi isso, tenho que dormir mais. Pois, …. passagens de ano. Hummm, malandros ……
Sempre que possível guarde o que pensa para si. Ninguém é obrigado a escutar asneiras, Nayara Mendes

Parte 3

A velocidade furiosa, continua a tradução(1) do discurso(2) dizendo “….desconfiança aos que prometem tudo a toda a gente…”, garante que as ilusões politicas dão sempre mau resultado, ultrapassa a direita dizendo “….. as pessoas acreditam que os projectos políticos……não são instantâneos… não DÀ TUDO a TODOS ….” e numa manobra verdadeiramente louca, numa ultrapassagem relâmpago á esquerda “….as pessoas não se podem iludir por vendedores de banha da cobra ou candidatos….. de publicidade” e remata qual uma Hoover, Philips, Indesit, Braun, Siemens.... dizendo “… os políticos não se vendem como pacotes de sabão…”. 

Minha interpretação do que terá pensado a ler.
Estava de rastos de certeza, quem me colocou assim ? Foi a noite, ou a ausência dela. Estas olheiras dizem tudo. É verdade estou mesmo chupadito., encovado. Tenho que renovar o fotógrafo e já agora o escriba que deturpou as minhas palavras. Vou renovar tudo. Se o pessoal começar a dizer que com OMO, brilha mais branco, ou que com o PRESTO, o glutão come tudo …… santa paciência. Que asneira, que trapalhice. No que havia de dizer. Pois estes cadilhes pôem-me numa "twilight zone".Não posso ter sido eu a dizer aquilo..; eu que até já gostei de rosas, tenho-me por  "blasée", tenho alma de poeta, de dançarino, mas comer tudo e lavar mais branco, ……..Deus, onde tinha a cabeça. Estou a ver que ainda renovo o calado, deixa-me a falar sozinho, já que com aquele professor-secretário ou …. não consigo renovar. Mas, tenho mesmo que mudar a "facie". Ainda bem que a foto vem a preto e branco. Ahhh quando é a próxima viagem ?
A vocação de um político de carreira é fazer de cada solução um problema, Woody Allen

Parte 4

Num outro registo mais presidenciável e já a abrandar a velocidade, destaca no discurso(2) que “ o Sr. Presidente está ciente das questões pendentes entre a Madeira e o governo central….. regiões do país que não devem ser descriminadas como a nossa por factores de ordem partidária…..” e fecha a interpretação/tradução em estilo professoral “O país está com graves dificuldades de crescimento”.

Minha interpretação do que terá pensado a ler.
Eu bem tentei, eu bem tentei. Quis dar uma de professor e fugiu-me a boca para a verdade. Ainda bem que como o AJJ me ensinou, falei em país e não em região. Estava mesmo passado, quando fiz aquela tradução/interpretação. Ainda bem que aqui na RAM, ninguém pensa muito nas coisas e isto passa. Vou já dizer aos meus seguidores, dependentes e outros, para colocarem likes na noticia. Pensando melhor, os jotitas que trabalhem alguma vez na vida. Likes, likes, likes, criem nomes, vão buscar os mortos e se não houver mais, criem mais uns vivos. Preciso de likes, de dormir, porque estou mesmo chupadito, encovadito e com olheiras. Caiu mesmo mal. Devem ter sido as passas. Comi as 12. ( as passas, caneco ). Puz trouces novas. Vai chegar ? Não posso divertir-me ? não posso passar o Ano ? Um homem não é de ferro, caramba. Mas juro que para a próxima, não me apanham  mal dormido, não, não e não. Uma viagem, preciso de uma viagem. Sou glutão para viagens e limpinho.  Tenho que fazer um lifting, aquelas bochechas na foto ….. E vou RENOVÀ-LOS A TODOS. Palavra dada e honrada para 2019. Ou então….. o mais fácil é arranjar uma máquina de lavar roupa, ou os bombeiros com as mangueiras e limpá-los a todos. Em filinha, bem ordenados, rapazes num lado e raparigas no outro ... e OMO , muito OMO e Presto. Muito mesmo. Branqueá-los e por favor, que não se sujem até ás eleições. E eu…. vou viajar e prometer que não abro mais a boca. Ahhh leitinho, preciso de vigor este ano.
Atenção

Num registo mais a sério, este texto é uma ode a todos os políticos, comentaristas, jornalistas e todos aqueles que fazem a tradução do comentário e observações dos outros, como suas, interpretando-as a seu bel-prazer, fazendo extrapolações, inventariando e inventando conforme as suas convicções e conveniências e que fruto deste exercício, são sempre, mas sempre apanhados em falta, mais dia ou menos dia. São idiotas uteis, fazendo trabalho parvo, servindo muitos ( aqui, Continente e Açores )..E como dizia Raul Solnado , “por favor, sejam felizes”.


Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.