Figuras, Figurinhas e Figurões , Tachos, Tachinhos e Tachões

Toda a discussão reduz-se a dar ao adversário a cor de um tolo ou a figura de um canalha, Paul Valéry
De imediato, .......para o tacho.

Alberto João Jardim

Deu uma de sua graça, no JM ao falar de “Mudança e Liderança”. Para além de ter confessado que a organização é tudo ( PSD-M ), mais uma vez diz, nesta altura e para quem o ainda lê, que MA não é nada. É que tudo o que AJJ defende sobre líderar, MA não tem. Preto no branco, para AJJ uma organização bem estruturada leva ao poder qualquer um. Mesmo MA.


Lembram-se de Emídio Rangel na SIC a dizer que ele conseguia ali eleger qualquer pessoa como Presidente ou Primeiro Ministro ? AJJ disse-o no jornal do Regime do PSD-M.
De resto, escreve sobre as idiotices do costume: regime caduco da constituição em Portugal ( que me recorde ele Jardim, votou a constituição socialista de 1976 e opôs-se à alteração da constituição de 1982 ? ); os meios de comunicação sempre contra Jardim ( ahahahahhahahahahahahah nem sequer pensa para onde escreve ); Marcelo Rebelo de Sousa é mau, porque deixa e apoia o estado de direito !!!!!!; os anarquistas e pseudo-intelectuais ….. a burguesia contra o povo ( ele não).......em resumo, continua ché-ché.Mas burguês não
A Política é talvez a única profissão para o qual se pensa que não é precisa nenhuma preparação, Aristóteles

Miguel Albuquerque

Escreve a António Costa, para lhe pedir “intervenção pronta e efectiva” para a tarifa de desporto que a TAP aboliu. Não tem vergonha e por vários motivos:

1 ) Esquece-se que foi ele e o seu Sec. Regional de nome Eduardo Jesus que assinaram este acordo de mobilidade


2) Esquece-se que para além do desporto, existe mais vida na Madeira: por exemplo a populaçãoo estudante, os idosos, doentes e .... todos nós

3) Esquece-se que a maioria dos clubes madeirenses, vivem acima das suas possibilidades, devido aos sucessivos apoios que sucessivos GR´s lhes dão. Veja-se os gastos SUPÉRFLUOS  nos estádios do Marítimo, Nacional, centros desportivos, piscinas (nada ) aquecidas, pavilhões ……. Estádios de 15 000 lugares que têm assistências médias de 2 000 a 5 000 pessoas.

4) Por ultimo MA se quisesse resolver esta situação, criaria na banca um fundo de 500 mil euros, que teria como principal função, entregar aos madeirenses de imediato a diferença entre o que pagaram e têm a receber, ficando o GR com o ónus normal e natural de ir buscar ao estado o dinheiro entregue. Simples, mas …… só palavras. Pretende resolver ? Talvez sim. Quer resolver, não

5) Já agora, o que faz o GR com a sua parte, pequena é  certo, na ANAM ? Assobia para o lado ?

Jaime Filipe Ramos

Abriu a boca, saiu asneira. Disse que o Estado português manda aviões para Espanha em caso de incêndio e não para a Madeira. Bem este homem é mesmo disfuncional e lerdo em raciocínio. Ramos pai, com aquelas empresas que tanto trabalho lhe deram para criar, sustentar e desenvolver, por coincidência na época jardinista, em que era secretário geral do PSD-M, deputado e mal educado, deve estar preocupado com o filho. Talvez os netos, como Nabeiro sirvam para liderar. Vamos então lá dizer ao moço, que avião na Madeira não serve, porque dada a orografia da Região, as descargas de água serviriam apenas para …nada. É como …fazer xixi para os lados: não se acerta na sanita ( e de sanitas os Ramos devem perceber, não é ? ). Depois, tem a ver com a logística, não sei se ele percebe: abastecer, carregar o avião com água. Isto entre outras situações. Como deputado e líder não leu o "estudozito" encomendado pelo GR ? Ou estava mesmo era a fazer ó-ó-ó? 
A consciência nem todos têm a honra de a conhecer; a consciência é o que quer que seja de vago e de impalpável, de que nós devemos falar como duma figura diáfana de legenda antiga, Eça de Queirós

Élvio de Sousa

Veio propôr a criação de uma unidade de apoio económico/financeiro para os deputados na ALRM. É certo que os senhores deputados, não têm de saber tudo. Aliás já desconfiava que ler um orçamento ..... nada era com eles e quando o debatiam ..... aquilo não pegava. Em relação à prática de johnny play medicines, vulgo João Paulo Marques ( que sabe tudo, desde como trabalhar sem receber a listas transparentes/estáticas/dinâmicas da saúde e a orçamentos para a Saúde....), é bom saber-se que Élvio confessa que economia não é com ele. Mas, o que é que estes homens fazem com a catrefada de assessores, consultores que possuem e com o dinheiro que a ALRM, o tal jackpot não nos esqueçamos, que recebem mensalmente ? Mais despesa paga por todos ? Não seria melhor propor um curso de formação em diversas matérias como : boas maneiras, educação, economia, contabilidade .....aos senhores deputados ?
Errar é humano. Culpar outra pessoa é política, Hubert Humpherey

Sérgio Gonçalves

Renuncia a partir de 30 de Junho, a cargos de gerência ou administração no Grupo Sousa, para apoiar a candidatura de Cafôfo a 100%. Não tem vergonha: Vejamos: Eleições em Setembro, renuncia a 30 de Junho, com um mês de férias que lhe é devido, mais os proporcionais de ordenado ( 6 meses ), férias ( 6 meses ) e natal ( 6 meses ) tenho pena do homem. Está a fazer um grande sacrifício. Depois, quase de certeza se PS-M ganhar em Setembro, vai a secretário, se perder, vai a deputado e uma "sousamente" a uma assessoria . Vale uma aposta ? mais do mesmo, não é ?.



Pedro Freitas

O mesmo que Sérgio Gonçalves. Ambos, foram testemunhas silenciosas do funcionamento miserável de um "estado" regional desgovernado, em que na Saúde e Transportes Marítimos se usou e abusou em compadrios, ........ Ambos calaram-se e ambos agora querem ser do Governo. Penso que serviriam dois: do PSD-M ou do PS-M. Têm os tiques e os toques. Mas onde já se viu isto ?


Pedro Calado


Só podia. Está como Constâncio, como Berardo, como Carlos Tavares, como Passos Coelho.... falta-lhe a memória. Diga-se, que não foi só a ele que aconteceu. O seu ex-atual (? ) empregador, o grupo AFA, também comeu muito queijo. Mas continuar a dar obras ao seu antigo empregador .... é obra. Muita fruta. Mesmo muita. Resta saber qual o tipo de fruta que come. Bananas ? ou vai mesmo é para as pastas italianas ?
Se colocarem o Governo a administrar o Deserto do Saara, em 5 anos faltará a areia, Milton Friedman

Figuras menores, com tachos maiores, para o que nunca fizeram.



Bruno Melin, nota-se logo pela pinta e quando abre a boca, a Academia de onde veio. Da JSD-M, claro. O hábito de falar por falar, sem raciocinar, sem reflectir, sem educação, com arrogância, é estudado naquela academia de pequenotes. Nunca trabalharam, sempre viveram á custa do povo, por isso são parasitas e almejam um dia ir a secretário ou diretor. É um inútil, aliás é Johnny Player Medicines, o II. Alimenta-se de ordinarices, expele asneirices e fala em "parvoês" Ruido, precisa de ruído. Vamos "ruinar". Tá-se bem Ehhhhhhh, oh yeahhhhh






Humberto de Sousa, de casa em casa, de cooperativa em cooperativa e de feira em feira, lá faz o seu papel. Trabalha muito pela agricultura e pescas da Madeira. E quando não faz isto, .... borda. Está na moda. Humberto mostra o caminho, qual herói intrépido de como fazer face ao bordado da Madeira chinês: nada fazer. Ahhh e colocar um "selinho". São horas a mais passadas no Instituto do Vinho da Madeira. A lutar e beber? pela marca Madeira. Ipssss !!!!
Na política é díficil distinguir homens capazes, de homens capazes de tudo, Henri Béraud

Jorge Carvalho está na sua. Ufaaaa Já só faltam 3 meses e depois .... prateleira comigo. Entretanto aumentei os professores ( por coincidência a mim e aos meus também), mesmo sem dinheiro e sou tática e estrategicamente quem mais trabalho criativo faz neste GR. De tão criativo....que nada sai, a não ser naquelas sessões de fotografias e por continuar a achar que "aquele prof " da Escola do Curral das Freiras é mau. Porque percebem, o problema foi dele, quando não disse que o que conseguiu se deveu à minha douta orientação, aliás ele deveria ter logo dito que fui professor, conselheiro, assessor, consultor, coordenei e chefiei aquilo. Ahhhhhh, mas o que é aquilo ? Uma escola ? No curral ? O melhor é o Curral dos Caprinos, em Lisboa. Aí sim, essa é uma boa escola.... para comer.



Rita Andrade, é a merceeira do regime. Chatice a ir a sessões com 2,3, 4 pessoas e visitar ainda menos, quando estava tão bem no gabinete..... E depois, não é tão bom ir a Lisboa tentar reunir, não reunir e trazer por osmose para a Madeira, mais uma vitória para a Região ? O que ainda não percebi é que vitórias são estas. Mas estou segura para Setembro: sei quem deve à Seg. Social e claro, quem deve, deve manter-me, não é ? Porque ..... sigilo no trabalho. Percebem ?



Pedro Ramos. Anda desaparecido em combate. A Saúde vai uma miséria, mas eu aqui, também estou como a colega Rita e o colega Carvalho. Só mais 3 meses, depois... aconchego, com aconchego se paga. Raios , que isto não passa. Só espero não ir a prolongamento. Mas tenhoaconchego garantido, isso é certo.



Não é a política que faz o candidato virar ladrão. É o seu voto que faz o ladrão virar político, anónimo
Irineu Barreto, o ilustre da República, que representa a Madeira, ou o ilustre da Madeira que representa a República, ou será mesmo que representa a ilustre República na Madeira ? Já não, sei, já não sei, são muitos ilustres, repúblicas e madeiras. Deixem-me dormir e já agora papinha, papinha e uma canção para adormecer. Já não à pachorra.



Come a papa, Irineu come a papa
Come a papa, Irineu come a papa
Irineu come a papa.
1, 2, 3
Uma colher de cada vez
4, 5, 6
Era uma história de reis
E outra colher de papa.
7, 8, 9
Ainda nada se resolve
10, 11, 12
À espera que a mosca pouse
E outra colher de papa
13, 14 e meia,
A coisa não está tão feia. 15, 16, 17
Mais um pingo no babete
E outra colher de papa.

Por falar em tachos e papas, parece que esta malta toda se diverte com isto. 
Panda e os Caricas, eles são uma taça.

Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.