Tudo é política?

A Gnose é um clube de pensadores que versa sobre tantas temáticas quantos os participantes desejem. Promovemos debate e ideias sobre o que nos afecta para vivermos melhor. Nas consultas a autores, alguns perguntam se vai meter política e a resposta foi "não vamos fugir ao tema mas, não é para isso (porque já temos às toneladas) que fizemos a Gnose". A política é mais um assunto no meio de todos os possíveis e imaginários. E da mesma dimensão do que os outros, não é um absorvente.

A Gnose, foi criada para debater conhecimento e partiu para o convite de pessoas com cabal conhecimento em diversas áreas, para assim nos centrarmos e evitar o ruído. Quando ainda estava na inocência idealista, a Gnose deparou-se com a primeira dificuldade, a divisão entre as pessoas por factos passados, por disputas sem elevação, por falta de perdão mas sobretudo de diálogo que esclareça muitas vezes mentiras que alimentam ódios, porque simplesmente quem as promove tem a certeza que ninguém vai de caras perguntar se é verdade. Quando nos focarmos a trabalhar no conhecimento e a ter objectivos venceremos o ruído que nos destrói. A Gnose vem em boa hora! Há gente credenciada que não percebe que se deixou absorver e pouco uso dá ao conhecimento que os torna excepcionais.

Sabíamos, mas agora comprova-se e reprova-se, estamos demasiado politizados. No debate, na apresentação do conhecimento, nos cargos, nas oportunidades, a política absorveu. São sintoma da realidade regional que despreza o mérito mas que anda sempre com ele na boca, recortado à medida. Qualquer assunto é, de momento, política. Vamos provar que não é. Chegamos a um momento onde falar de qualquer coisa é crime pela omnipresença da política mas sobretudo dos maus políticos, alguns governantes. Parece que existe uma polícia política na versão light adaptada à democracia. Tinha piada se o tema ditadura, desprezado e já insuspeito, fosse mais um tema da Gnose.

Instituições, clubes, organizações, movimentos, associações, empresas, desporto, escolas, saúde, transportes, concursos, tudo e todos, temas e atitudes são política. Com quem andas também é política, até a ostracização, segregação e o apartheid existem tacitamente por causa da política. A ditadura que cala afinal tem medo. A infestação da política em tudo na vida desta Região Autónoma é doentia e castradora.

Há 2 medos, o que se permite e o que nos aflige. O medo está em nós, os outros só criam condições.

Tudo começa pela vontade de controlar todo movimento natural da cidadania em benefício de algo. Os políticos, sobretudo os governantes, querem as "suas" gentes a determinar como funciona e fala cada instituição, uma garantia de que não vão enfrentar sequer uma crítica. É assim que chegamos aos 100% da politização sobre tudo o que mexe e isto é doentio. Até os carros de pau são altamente problemáticos se caem nas mãos erradas.

Ser um cidadão que participa na cidadania e avalia sobre o que o rodeia é de momento crime. Esta democracia tem muito que se lhe diga e vamos dizê-lo ridicularizando com conhecimento na Gnose. Um povo informado é livre e é ele que decide, desde que tenha hábitos de leitura e aceda à informação e não ao ruído.

A Gnose vai falar de temas que nos importam enquanto uns berram, esperneiam, insultam, alcunham ou denigrem, fazem má política. Precisamos de falar de nós e com todos, quem quiser que venha ou fique enclausurado nas falsas questões promovidas pela má política com medos e enredos.

Nota: a todo momento actualizável
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.