A culpa...

A culpa, seja ela individual ou colectiva, proporciona além de um desassossego gigante uma verdadeira oportunidade para rever atitudes, comportamentos, erros, estratégias, decisões ou "não decisões". 

Digamos que um tímido talvez, em vez de um frontal sim ou não, pode, creio, ser um companheiro penoso para noites sem sono de  vidas inteiras. 

"Sentir" um estanho peso na consciência (individual ou colectiva) ... é apenas um sinal evidente de que é preciso pensar tudo de novo ... questionar tudo de novo ... e principalmente agir ou, agir de forma muito mas, mesmo muito diferente. 


Bem ... e mesmo assim, não sei se isto será o bastante para viver serenamente quando os danos são irreparáveis e quando deles pouco resta.
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.