Feitos ao bife ...

 


O criminoso tenta resolver os seus problemas imediatos..... , Naguib Mahfuz

....... e demasiada coisa de forma imediata quer fazer-se na Madeira, "quer se queira, quer não". Foi uma semana negra para o (des)GR da RAM. As coisas não estão bem….. E para onde se olhe, a ineficiência, o desvario, o compadrio, a mentira, a insuficiência, a prepotência, a ignorância que grassam nele são cada vez mais evidentes para todos. 

Existe uma elite organizada para ocultar, difamar, inventar, acontecimentos e situações. Lembro-me de algo que um jornalista italiano, António Amurri, dizia sobre a Máfia " a luta contra a criminalidade organizada é muito difícil, porque a criminalidade é organizada e nós não". Pois...porque é que me lembrei da Madeira ?

Soubemos “oficialmente” aquilo que (muitos) todos sabíamos: o (des)GR ficou com MENOS dinheiro da UE para gastar nos seus desvarios, nesta primeira "vacina bazuca” de auxilio. Dos quase 700 milhões pretendidos, vieram apenas 561 milhões. Que o (des)GR não explica e chuta para canto. E que obrigou a reafectar investimentos, mas, “quer se queira quer não”, gastar dinheiro numa Pontinha, para barcos que nunca existirão…mesmo que o local, como o POOC descreve, não seja adequado a obras destas (caras e tecnicamente difíceis ). Faz-me lembrar a marina do Lugar de Baixo e os milhões gastos lá. Mas a Pontinha vai ser feita," quer se queira, quer não, porque aqui quem nada sou eu e o meu gangue de sanguessugas"., A Pontinha ..... e o resto que está previsto para os dibheiros da Europa.

Um projeto megalómano, insano, mas um balão de oxigénio para quem o pretende executar. Um “elefante branco”, que nunca pagará os seus custos, nem a sua manutenção (como milhentos projetos da Madeira "nova" e da Madeira "renovada" ). Mas, se olharmos para as margens do negócio da construção (se forem em média 25%..... ), deverá encher os bolsos dos mesmos do costume em cerca de 140,5 milhões ( 561 x 25%.) 

O mesmo jogo do esconde-esconde que há demasiado tempo se joga na Madeira. E na Madeira, tenho a certeza que já se bateu o recorde mundial do esconde-esconde.

O homem sábio, rejeita o excesso, rejeita a prodigalidade, rejeita a grandeza, Lao-Tsé

[Uma observação: tentei no último mês saber se seria possível e quanto custaria levar um barco cargueiro para os portos da Madeira, para importar determinado produto, em determinadas condições: o barco no mesmo dia chegar, carregar e partir. Até hoje …a única resposta, quando o telefone é/foi atendido, é que "existiam empresas que conheciam melhor os procedimentos e talvez fosse melhor trabalhar com elas". Tenho email´s …os habituais do costume, com as respostas ineficazes do costume …mas …..nada de interesse. Penso que por falta de capacidade de resposta por excesso de trabalho nos Portos da Madeira, SA]

Está tudo "grosso" no (des)GR ? Parece ....

561 milhões ( sem IVA ), deveriam fazer entrar nos cofres da região qualquer coisa como 25% em média, de taxas/impostos, cerca de 140,5 milhões, Mas fazem sair, dado o histórico SEMPRE RECENTE/PASSADO nas obras públicas regionais e para as empresas dos costumes, quase 225 milhões em lucros (isto se elas aplicarem margens de 25%!!!! e porque existem SEMPRE cerca de 15% de obras a mais, não previstas, reavaliadas … ). Empresas como:

As AFA´s, as Socicorreias, as Atalaias, Dilectus, Acin´s, ….. com esses nomes ou com outros á pressão, tipo aquela empresa unipessoal que quase 1 mês depois de ser constituída GANHOU aquele estudo peculiar do impacto ambiental para a estrada das Ginjas, …., Uma empresa de 1 mês e logo com o jackpot de lhe ter sido entregue por adjudicação direta 95 000 € e alguns . Como aquela de advogados usadas pelo Turismo da Madeira, que "sem saber ler nem escrever" foi desencantada lá para os lados da serra da Estrela, mesmo que nunca nada tenha feito nestas "andanças". Mais outras iguais/parecidas na área da Saúde, Social, comunicações, ….. Nem sequer infiro aqui o contrato dos 150€/hora para o Marques filho, João Paulo, consultor/assessor do grupo parlamentar do psd-M, advogado de clubes, lobista do psd-M e do regime, … porque este até conhece a RAM... (os outros por interpostas pessoas do regime ).

Empresas com "sede" na Madeira, mas com a sua sede fiscal fora do país (ou na ZFM ) Por isso, aos 140,5 de impostos que deviam ser pagos, podemos retirar à vontade, 40,5 milhões e o total ficará: 100 milhões, número redondo, para a RAM. Por certo  para pagar ordenados e mais alguma coisa, como aconteceu agora.[ Mais uma vez, o (des)GR da RAM teve de pedir dinheiro aos bancos para tesouraria, uma prática comum nos últimos anos. Pedir dinheiro para pagar ordenados, juros à banca, pagar empréstimos, …e sempre com juros acima dos normais aos praticados em regiões iguais (veja-se os Açores, em Portugal ).]

É criminoso “entregar” dinheiro da UE para Portugal, continente e regiões autónomas, a empresas que utilizam benefícios fiscais, para pagarem menos dinheiro ao País, à Madeira, mas tornarem o Luxemburgo, a Holanda as ilhas Virgens, a Irlanda mais ricas. Tudo feito nas barbas do (des)governo deste regime, Inclusive dos "suprassumos" das contas (des)acertadas, Albuquerque, Calado e companhia. 

A verdade, porém, é que os maiores males e crimes são criados, arquitetados e executados em escritórios bem limpos, atapetados, refrigerados e bem iluminados por homens de colarinho branco, unhas bem cuidadas; estão sempre bem barbeados e jamais precisam elevar seu tom de voz, C.S, Lewis

Façamos contas: 516 milhões da UE, menos 225 milhões (lucros das empresas do regime + obras a mais ), sobram 291 milhões (516-225 ) para as obras, pagar ordenados de quem as faz, máquinas, combustível, .... ) e 100 milhões para o (des)GR de impostos,,.. 

O que a Madeira ganha efetivamente é ZERO. Apenas e  mais outra vez, umas obras parvas que nunca criarão valor acrescentado, inclusive para pagar a sua manutenção. Uma conforto, uma riqueza temporária ( enquanto as obras durarem ) e mais nada. Agora, como nestes últimos quase 50 anos. a Madeira vai gastar tudo o que recebe em inutilidades, vai ficar mais pobre e não criará riqueza que lhe permita pagar o que deve. 

Por isso, proporia entregarem essa “batelada” de dinheiro directamente aos 230 000 (de facto) madeirenses e eles, com os quase 2500 € que cada um receberia,  se o gastassem em compras, entregariam ao governo regional EFECTIVAMENTE quase 300 milhões de euros  em impostos e taxas, gastando no que querem, comprando o que necessitam (ou colocariam algum nos bancos ). Sem comissionistas.....

É que ninguém percebeu outra noticia importante que surgiu esta semana: é que mais 10 bancos fecharam em 2019 e em 2020 segundo fui informado, mais cerca de 5 fecharam as portas. Aliás, esta tendência tem sido sistemática nos últimos 5 a 6 anos e a reorganização da banca portuguesa não explica tudo, porque centros de decisão, direções regionais, estão a sair da Madeira. São as agências que no sistema bancário português, menos lucros geram, exatamente porque a crise, o endividamento, o mal parado aqui na RAM é o maior do país ( e vai piorar ).

Depois, mais números negros. A Madeira continua a ser a ÚNICA região do país com R0 maior que 1 (e das poucas da Europa ) e o Turismo teve uma quebra OFICIAL de 66,7% em 2020 (um facto que todos sabiam menos o (des)GR). O que contraria o que o “aquele que se diz Sec Reg de Turismo” que ainda recentemente dizia a Madeira em recuperação …. Aliás, esse homem quando abre a boca, logo a seguir vem algo a desmentir o que acabou de dizer. Tal como Albuquerque. Por isso, quando este ultimo diz estar a região "preparada" para enxurradas …arrepio-me e preparo-me para o contrário. Como aconteceu recentemente em Ponta Delgada

Infelizmente uma doença que grassa muito no (des)GR. Também Parkinson dada a desbunda.

Por falar no Covid, mais uma vez o (des)GR volta a usar a palavra “dinâmica” na Saúde quando refere que a testagem é dinâmica na Madeira Mas os números reais dizem que cada vez menos se testa na Madeira. Portanto temos testagens estático-dinâmicas, como são as listas de espera e o resto para Albuquqerque e companhia. è que assim menos testes, logo menos infetados (a teoria de Trump ) e mesmo assim, não se conseguem índices de transmissibilidade menores que 1 e menos casos ( o sol já não se esconde com a peneira ). Não dá já para esconder a falha do (des)GR no combate à pandemia.. È obra. Esconder a maldade e ainda continuarmos a ser maus demais. Obviamente, “quer se queira quer não”, vamos ser a região do país que vai atingir a imunização de grupo mais cedo. Já o disse antes e reafirmo:  entre mortos, infetados e vacinados….alguém irá escapar.

O banditismo é prerrogativa de governos debilitados e governantes inescrupulosos e indiferentes às conseqüências originadas por causa dos seus atos, Valéria de Almeida

Também soubemos que pescar a "gata" está proibido. O que não percebo é como ninguém nesta ilha perguntou ao (des)GR porque é que tal aconteceu e como é que com tanto funcionário, sub-chefes, chefes, chefinhos, .... não se teve tempo de responder a um inquérito, a um estudo pedido pela UE, deixando-se prazos serem ultrapassados e portanto, com este desenlace. Vão os pescadores pedir indemnizações a Albuquerque e companhia ? Melhor, a quem se pede responsabilidades ? Aos pescadores , a Lisboa ? ...

Como também continuamos a perceber que cumprimentar com o chapéu alheio continua a ser prática deste regime e que muitos jornalistas gostam bastante de beijar, não lamber a mão do dono. São servis, mesmo sabendo que a servidão faz mal à coluna e à região, que supostamente deviam defender.  E não nos esqueçamos: não existem patifes pobres. Mutatis mutandis,

Ultima hora !!! Ultissíma horita.... Atencion!!!

O milagre doS (não do ) 160 milhões!!!

Grupo parlamentar do psd-M e Calado descobrem mais 162 milhões de euros extra, nos 561 milhões de euros dinheiro da Europa, elevando, sem  Europa saber, para 732 milhões a ajuda financeira da Europa, REPITO, sem esta saber….Mais, este dinheiro foi já antecipado, entregue às empresas, elevando para mais de 300 milhões o dinheiro que o GR da Madeira JÁ entregou a empresa madeirenses. Tudo, REPITO, sem ninguém notar, empresários, empresas madeirenses e autoridades comunitárias.... Este milagre, superou em muito o milagre da multiplicação dos peixes de Jesus e o profeta Calado, mais os seus discípulos do grupo parlamentar do psd-M, estão a ser já pensados para serem santificados pelos jornalistas da Madeira e ademais grunhos, como os santos padroeiros do embuste, da palhaçada e da patetice…. Mais, com este dinheiro, a Madeira ultrapassou os Açores no total de recebimentos da EU, mais uma vez sem ninguém notar, como as autoridades superiores da Madeira queriam,  esperando-se agora um novo milagre, possivelmente de Pedro Ramos e mais alguns discípulos daquele grupo parlamentar. A Madeira ser a primeira região do mundo a estar totalmente imunizada e nunca ter tido mais que 50 casos de covid e nenhuma morte. Outro milagre previsto para Calado, é o anuncio em breve de que a Madeira apenas desacelerou cerca 7% na sua economia ou menos e que as finanças regionais continuam com défice descendente da dívida . Hossanas,,,,

Aliás, segundo Jaime Ramos, júnior, a Madeira encontrou vários 162 milhões para distribuir ….os primeiros foram já antecipados, os segundos foram dados com dinheiro próprio do GR, conforme o discípulo Rodrigues afirma, os terceiros vêm do REACT (1º semestre de 2021 ), os quartos do IRR e os quintos, 164 milhões do orçamento regional. Hossanas Jaimito e pares ….. os santos padroeiros da tontice.

Para os sultões...... da Madeira nova, renovada.....mas envelhecida mas com balanço de esconde-esconde. 

 Dire Straits - Sultans Of Swing

Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.