Contra a corrente

Já que você tem que pensar de qualquer forma, pense grande, Trump

Obs

Não sou fã de Trump. Acredito apenas que muito da sua administração, especialmente a sua politíca interna não é conhecida sobretudo por nós europeus. Também acho que muito que Trump fez na politíca externa, será mantido por Biden, mais diplomaticamente. Sobretudo tento manter uma opinião independente que acha que tem que se dar tempo ao tempo para sabermos o que vale uma pessoa, sobretudo uma administração. E junto exemplos.

Já agora os grunhos comigo passaram a outra fase. Depos da fase da má educação, veio a das ameaças, mais ou menos veladas. Com este artigo talvez percebam que nunca fugi a uma boa polémica e ameaça nenhuma me fará fugir daquilo que acredito. Quer queiram, quer não, custe o que custar ou até que os dedos ...me doam. Entendido ? 

Eu podia parar no meio da Quinta Avenida, disparar contra uma pessoa e não perderia eleitores, Trump

Parece que Trump vai sair a mal da Casa Branca. Nada de anormal, porque era o esperado. Trump não tem fair-play, como muitos nesta região também não têm. E se desde muito cedo para o “establishment”, a vitória à 4 anos de Trump foi amaldiçoado por todos ( porque sim…. na altura só se sabia por "ouvis dizer" ), hoje quando olho para jornais e TV´s europeias, fico abismado com o fel que corre por Trump ( por arrasto pelos USA ) e sobretudo com o desconhecimento absoluto daquilo que Trump fez nos USA. Repito, NA AMÉRICA, não na EUROPA.

Uns poucos de anos atrás, nos anos 80 do seculo passado, um tal de Sr. Silva fez-se primeiro-ministro de Portugal. Ganhou uma série de eleições, era o “the best” para muitos, o dinheiro jorrava, todos na função pública fizessem muito ou pouco eram aumentados todos os anos, subiam de nível, os negócios à custa do dinheiro dos outros floresciam sem jeito e a eito …..mas nem duas décadas passadas, primeiro entre poucos, depois por muitos, o homem passou a ser o “the  beast”. Deu cabo da economia do país. Deu cabo do país. Fez escola nas obras inúteis, nas obras megalómanas, na betonização da vida económica do país e na corrupção. Olá AJJ e MA. 

Tenho ascendência sueca, Trump

Como me lembro de um homem, de seu nome Sócrates, que como ministro do ambiente, contra tudo e todos, conseguiu colocar as energias limpas na agenda do país. É justo reconhecer-lhe isso. Foi uma besta como primeiro-ministro ? Não, pelo menos nos 2/3 primeiros anos. Era o “the best”. O homem do “olha pá, isto está bom” de Durão Barroso. Tornou-se no “the beast”. 

E aqui na RAM ? Lembram-se da Madeira de AJJ, aquele "paraíso socialista" onde quase todos votavam AJJ ( não psd-M ) mas onde ninguém fazia contas de como se iria pagar a desbunda que estava a acontecer?  Ou então, perdoem-me, alguém se lembra do Saramago jornalista, o que pedia linchamentos e fuzilamentos, do Saramago escritor, o filósofo….

Tudo para dizer que a acção de qualquer pessoa, politico sobretudo, deve ser vista á distância e sem reservas mentais. 

O Jeb Bush gosta de Ilegais por causa da sua mulher [mexicana], Trump

É verdade que a personagem Trump fez-se ainda mais antipática na Casa Branca. Mais bruta. Mais palerma. Mas todos já se esqueceram do que se disse quando Ronald Reagan venceu Jimmy Carter em 1980. Na Europa os epítetos foram quase tão maus quanto esta “etiquetou” Trump em 2016 ( apenas faltaram as redes sociais ). Um jornal português já desaparecido, teve uma chamada de capa tipo “ Se um mau actor vai a presidente, o que não será a América ?

Todos esquecemos que Trump foi democrata, antes de se tornar republicano. E todos, mesmo todos, lembro-me de ficarmos espantados quando apareceu no “Sozinhos em casa”, época em que era o exemplo para muitos e sobretudo para as elites democratas americanas e não só. O “self made man” como só na América existe!!!

É uma tontice dividir os eleitores americanos entre boçais, desempregados, sem formação para o lado de Trump e os outros para Biden. Porque não é verdade. Na minha vida profissional tenho falado com muitos americanos e o que relevam é que Trump tem sido um bom presidente interno, mas mau externamente (pré-covid ). Sem imagem.

A administração Trump, como as administrações republicanas, trouxeram mais equidade, mulheres, latinos, ameríndios, negros para as suas administrações do que os democratas ( lembre-se a casa branca de Bush filho onde se falava quase tanto espanhol como inglês ). Obama muito bem, manteve esta trajectória.

Está um gelo e neva em Nova Iorque. Precisamos do aquecimento global, Trump

Clinton, teve a sua garganta funda, que agora já está pouco recordada. Mas o que vai ficar é um estilo de presidência consensual, uma espécie de repetição da “Camelot” de Kenendy. E todos achamos Kennedy um presidente pioneiro nos direitos humanos, mas foi com a administração Jhonson (que todos recordam pela guerra do Vietname ) que tal verdadeiramente aconteceu. Ou como o detestado, mentiroso Nixon, um visionário nas relações externas, foi conselheiro para a politica externa de todos os presidentes americanos, sem excepção.

Certo, certo é que muita da nossa informação sobre Trump, passa pela intoxicação dos “mass media” europeus, onde incluo as redes sociais. “Ame-o ou odeie-o”. Aqui na Europa, como na América. Tout court.

Nós em Portugal “amamos” Macron, as nossas elites adoram Macron. Jornais e TV´s, passam Macron como o “grande”, o “estadista” ….Aqui para o francês comum, é uma desgraça. O mal menor, porque foi eleito não pelo que defendia (apenas frases insipidas e uma imagem pré-fabricada a new Kennedy), mas para não ser eleita Marine Le Pen. Uma distorção NA democracia francesa ( atente-se, não estou a defender Marine Le Pen ).

Sejamos justos. Financeiramente nunca tanto dinheiro circulou nos bolsos dos americanos como nestes 4 anos de Trump. Como nunca o desemprego atingiu os níveis mais baixos de sempre, 3,5% exactamente há um ano. E na Europa ? Na nossa EU era apenas em média  cerca de 7,5% ( mas quase 12% se tirarmos as Eslováquias, Eslovénias,  … ). Na Alemanha eram cerca de 9%, Na Espanha 15%, em França quase 11% ……. Aliás a taxa de empregabilidade da UE27 em 2019 era APENAS DE 73,1%. Taxas de crescimento anuais médias de 2,5% foram habituais com Trump. E Trump mesmo assim perdeu. Já não é apenas "It´s the economy stupid".

Eis um conjunto, entre outros de medidas, que a sua administração fez neste seu mandato, desconhecidas para muitos.

1) Criou uma lei para tornar a crueldade com os animais um crime federal, com os abusadores de animais a enfrentar consequências mais duras

2) O crime violento caiu cada ano em que esteve no cargo (nos últimos anos de Obama tinha aumentado ).

3) Em 2018 os EUA ultrapassaram a Rússia e a Arábia Saudita como o maior produtor mundial de petróleo bruto (industria, não extração ).

4) Criou o Save our Seas Act, que financia US $100 milhões por ano para limpar plástico e lixo do oceano.

A Hillary [Clinton] não consegue satisfazer o marido, Trump

5) Assinou uma ordem executiva que força todos os fornecedores de saúde a divulgarem o custo dos seus serviços, para que os americanos possam comparar preços on-line.

6) Com Trump, os preços dos medicamentos registaram quedas ano após ano, contrariamente ao acontecido com a administração Obama e permitiu a importação de medicamentos do Canadá e …México.

7) Sancionou uma lei para licença parental de 12 semanas paga a todos milhões de trabalhadores federai

8) Aumentou o financiamento para Faculdades e Universidades historicamente negras (HBCUs) em mais de 14%

9) As taxas de pobreza para afro-americanos e hispano-americanos atingiram os seus níveis mais baixos desde que os EUA começaram a reunir esses dado

10) Nomeou 5 embaixadores abertamente gays e permitiu que Richard Grenell, embaixador americano assumidamente gay na Alemanha (entretando renunciou ao cargo ), liderasse uma iniciativa global para descriminalizar a homossexualidade em todo o mundo

11) Assinou a Lei de Modernização da Música, a maior mudança na lei de direitos de autor em décadas na América, mais exigente na proteção destes, que a nossa lei nacional ou da EU

O conceito de aquecimento global foi criado pelos chineses para as fábricas americanas  não conseguirem competir, Trump

12) 8.764 comunidades em todo o país foram designadas como zonas de oportunidade. Estas zonas de oportunidade, devem gerar cerca US $100 mil milhões em investimentos de capital privado de longo prazo nas comunidades economicamente mais desfavorecidas em todo o país através de politicas fiscais atractivas

13) O desemprego afro-americano atingiu o nível mais baixo de sempre.  O desemprego hispano-americano atingiu o nível mais baixo de sempre. O desemprego asiático-americano atingiu o nível mais baixo de sempre. A taxa de desemprego feminino há 65 anos que não era tão baixa. O desemprego juvenil há 50 anos que não era tão baixo

14) Retirou os Estados Unidos do Acordo Climátérico de Paris e no mesmo ano, os EUA lideraram o mundo por terem a maior redução nas emissões de carbono ( e continuam no top 10 )

15) Sancionou a lei para aumento em US $2,4 mil milhões no financiamento do Fundo de Cuidado e Desenvolvimento Infantil, fornecendo um total US $8,1 mil milhões aos Estados para financiar o cuidado infantil para famílias de rendimentos mais baixos

16) Tirou tropas americanas de quase todos os teatros de guerra no mundo.

[Os Rolling Stones] são um bando de idiotas com I grand, Trump

17) Criou três projetos de lei para beneficiar os povos nativos. Um compensa a tribo Spokane pela perda das suas terras em meados de 1900, outro financia programas de língua nativa e o terceiro dá reconhecimento federal à tribo Chippewa em Montana.

18) Fez o maior projecto de lei de protecção e conservação da natureza, melhores e mais rígidas regras e criou 375 000 hectares como área protegida ( foi aqui que lhe passou pela cabeça ter a sua face esculpida no monte Rushmore )

Estes foram algumas de coisas “feitas” pela administração Trump, que ninguém releva. Existem mais, como por exemplo a criação da potencialmente futura maior zona de comércio livre do mundo ( USA + Canadá + México ). É pouco ? Podia-se conseguir mais e melhor ? Talvez, mas foi com a administração Trump que a indústria aeroespacial privada mais conseguiu, mais fundos a NASA, a NOAA …. a CDE receberam para investigação e desenvolvimento de programas inovadores. Que as universidades mais apoios federais receberam. Também foi com Trump que o complexo militar-industrial mais foi financiado, em programas não só apenas para militares. Que a aproximação (natural) à India se fortaleceu e outra zona de comércio global se começou a criar. 

[ O exército americano em 1775, revolução ] controlou o ar, derrubou muralhas, tomou conta dos aeroportos, fez tudo o que tinha a fazer, Trump

Provavelmente quem ler este artigo vai falar na criação da embaixada americana em Jerusalém ( eu contraponho que desde os acordos de paz Israel-Egipto nunca tantos países muçulmanos fizeram paz com Israel). Vai falar no  Irão ( e eu da politica de apaziguamento da Europa )… Vão falar na Rússia ( e eu contraponho que nunca os USA sancionaram tanto a Rússia como com Trump, em contraste com a Europa que hipocraticamente faz acordos de gás com Putin ), …..

Trump abandonou a Europa ? Mas muito antes da presidência Obama, mas sobretudo com ela, o foco dos USA passou a ser o grande “lago” chamado Pacifico. Os europeus para as contas americanas, deixaram de ser o aliado firme e solidário que precisavam. Porque fizemos tudo para que isso acontecesse ( não me refiro aos ex-países de Leste ).

Como vamos recordar Trump ? Ou a sua administração ? Grandes catástrofes naturais ( ciclones, incêndios… ) aconteceram e as suas consequências combatidas por ela. Aliás a aprovação do povo americano situava-se em média acima dos 64% no combate a estas catástrofes ( em contraponto com o Bush do Katrina ). Mais de US $50 mil milhões foram entregues por Trump para combater estes desastres. Até naqueles grandes combates contra a imigração do sul ( já estamos esquecidos ), Trump ganhou ( o muro não está lá, mas outro muro aconteceu, pago talvez por um México onde cada vez mais empresas americanas de transformação apareceram, com regras salariais e sociais idênticas às praticadas nos USA, impostas pela administração Trump. O chamado muro do desenvolvimento.)

Aquilo (não pagar impostos) faz de mim alguém esperto, Trump

Trump vai perder e repito mais uma vez, bem. Olhou sobranceiro para esta pandemia, criada por um vírus “chinês” e sobretudo porque deixou aumentar fissões na sociedade americana. Uma sociedade multifacetada. multirracial integrada, que muitos quiseram, ajudados por Trump, desfazer. Trump perdeu, mas a sua administração quero crer daqui a uns anos, poderá ser considerada visionária em muitos aspectos, especialmente no esforço feito para apoiar novas e mais fulgurantes visões empresariais ( espaço ) e na paz entre israelitas e muçulmanos. Foi também a administração que mais criticou a Arábia Saudita e quero acreditar que foram os seus esforços que obrigaram a abertura, mesmo que ténue, da sua sociedade às mulheres.

Biden no essencial não vai mudar a politica externa americana. Poderá ouvir mais, ser mais diplomático, mas nas questões base não irá transigir como fez Trump. No essencial, em termos internos, Biden também não vai fazer melhor que Trump. Mas mudará a forma diplomática de fazer e dizer coisas e terá atrás de si o apoio dos "mass media" americanos e internacionais. Agora se Biden não tiver cuidado e trouxer para discussão pública temas fracturantes a toda sociedade americana como o aborto, eutanásia, ideologia do género, direito a posse de armas, pena de morte e sobretudo a carga ideológica que as ideias, algumas demasiado extremistas que Kamala Harris / Bernie Sanders defendem, social e economicamente, teremos aí sim uma América ainda mais dividida e bem mais espartilhada. Porque o americano afinal é um conservador por natureza, um empreendedor nato que detesta ser regulado e ter um governo federal a olhar por cima do seu ombro. Como nós europeus estamos habituados.  

Se eu se fosse americano votava Trump ? Não. Mas votava uma administração Trump. Porque acredito que a administração Biden, vai trilhar quer externa quer internamente o que muito a administração Trump fez.


Queen – Bohemian Rhapsody (Donald Trump Cover)

Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.