Porque cresce o Bloco de Esquerda na Madeira?


Porque está a incorporar quadros, gente muito capaz que valorizam o BE-M. Este partido está a dar início a um período que o colocará com as características que reconhecemos no BE nacional, competente e orientado, combativo.

O Bloco de Esquerda na Madeira está a dar indicadores de que pode ser o partido duro capaz de moderar instintos liberais (no mau sentido), corporativistas, lobistas e o sistema enraizado, esclerosado e cristalizado na Região.

Pouco importam as bocas e depreciações que lhe queiram fazer, cumpre com a função que o povo quer, controlar e fiscalizar as loucuras da bipolarização sem suspeições, puro e duro.

Basicamente, porque as pessoas querem o fim do PSD Madeira no poder mas Cafôfo desiludiu ou perdeu a confiança de algum eleitorado que o sente uma nova mosca no mesmo sistema e, para não matar a oportunidade, as pessoas votam na viabilização da alternância com condições, o BE-M.

A este ritmo e pelo efeito de contágio, o Bloco de Esquerda poderá ultrapassar o CDS a 22 de Setembro em votos e percentagem mas com o mesmo número de deputados. Se for mais, nasceu uma nova estrela na esquerda.

O Paulino Ascensão está a construir a sua imagem, com percalços e virtudes, em aprendizagem mas mais sintonizado com o eleitorado. Fala com todos e a novidade é que se dá bem com social democratas mantendo a distância ideológica. Usa a exacta medida de uma boca e dois ouvidos, é afável, tem humor, é tímido e sóbrio mas quando abre a boca pode sair bojarda. Acho que aprecia com paciência até encontrar a brecha.

O episódio das viagens, onde usufruiu do sistema estabelecido, foi uma lição mas com certeza o único caso de desfecho positivo porque actuou, todos os outros deixaram-se pela verborreia. Mostrou-se, ou pelo menos aparenta, ser um político mais aceitável aos padrões que o eleitorado reconhece como idóneos. É moderado.

A ver vamos se não se deslumbra nem comete erros.
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.