A Lei da Conservação das Massas e os “customs joke news”

Devemos prosperar por merecimento, não por protecção, Platão
Ninguém sabia, mesmo eu, confesso, que na Madeira a Lei da Conservação das Massas, existe em termos práticos e teóricos em duas vertentes. A escolástica e a política.

1) nas escolas, também conhecida por Lei de Lavoisier , diz isto: “Na natureza, nada se perde, nada se ganha, tudo se transforma”; em termos matemáticos: M(reagentes) = M(produtos), num ambiente isolado.

2) no (des)GR(*) e PSD-M, também conhecida por Lei das Posses Dinâmicas, diz “Na Madeira, tudo é nosso, nada é deles e tudo se transforma em desmandos”; em termos matemáticos M€(assinaturas)=M€(contratos + postos trabalho PSD-M), num ambiente que querem isolado.

Está explicada, também na área científica, a teoria Superior do povo, daqueles que não adoecem e têm a sorte de não conhecer “insider”, as listas transparentes do hospital, nada tendo de profissionalismo, eficácia, sabedoria, educação... a não ser o cartão do partido ou o tal familiar do regime. E a "jota_M joke" não nos esqueçamos.

Explicar o número dois (2) desta lei é difícil.  Especialmente agora, quando o vice Calado do (des)GR ameaça colocar processos cíveis a tudo e todos, que insinuem que os desmandos dele, foram ganhos para outros. Se isto pega, vamos ter também MA, …. e o resto dos "muchachos" a fazerem o mesmo. Não existe pachorra para processos cíveis, mas ….. se fosse numa comissãozita, aquelas de treta e com trela, com um ilustre auditório para explicar, sobretudo se nele estivessem incluídos Johnny Player Medicines, Edward mãos largas ( ** ) ou Rodrigues, do caos, seria diferente. Bastante. E muito mais divertido. Mais “joke”.

OBS.:
(*) (des)GR = (des)governo regional
( ** ) Eduardo mãos largas (no subsidio de transporte que NÃO estudou, assinou, implementou e foi levado como .... totó) transforma-se em Eduardo mãos de tesoura, quando tenta proteger-se e aos seus, das asneiras cometidas.  Bastante engraçado. Uma “longe hands joke” ou uma "scissorshands joke". Ou só apenas mais uma "joke"!
Se todos os homens recebessem exactamente o que merecem, ia sobrar muito dinheiro no mundo. Millôr Fernandes
Claro, já se percebeu, estou a trazer para a ribalta, uma invenção deste (des)GR e PSD-M: as “joke news” ou os “joke news”, cada um que escolha. A(o)s “jokes news” são uma invenção superior deste regime, ao contrário das “fakes” onde a culpa é sempre do continente, qualquer que seja o Costa ou Marcelo que lá estejam.

Nós “jokamos” e mandamos “jokar” muito deste pessoal do regime. Mas sempre em “sotto você” não vão os “devil joke of news” chatearem-nos. Lagarto, lagarto, lagarto.

Mas atenção, eles também se “jokam” para nós. Sempre e brincam bastante ás “jokes” E quando não é assim, ameaçam processar-nos, criam “joke boys” nas redes sociais para insultarem, ….. Porque lá está, é preciso falar pianinho para não ferir suscetibilidades e asneiras cometidas. E depois não existe “plim-plim”, porque de dinheiros estamos mal, coisa que eles,  já duplamente patrocinados têm bastante. Façamos contas: a defesa de um processo cível deve custar cerca 500 € de taxa de justiça, mais os custos de advogado, mais aborrecimentos, perdas de tempo…. tudo que não temos. Mas para eles, como aquilo sai tudo do bolso do povo, ou dos patrocinadores, processarem vá lá, 1000 madeirenses, para porem todos os outros “na linha”, custa apenas 500 000 € e os advogados vêm de graça, pagos pelo povo. Os aborrecimentos e perda de tempo, para eles são nenhuns, zero. Eles, que chatice, já os têm, em aturar-se ou a fazer de conta que trabalham e tempo nunca perdem, porque têm muito, dado o que fazem é nada.

Mas vamos aos “customs jokes news”. Tendo de começar por algum lado, aponta-se logo ao princípio. E no principio está o …..

Presidente do Governo Regional

Foram “jokes” atrás de “news” ou vice-versa ? São tantas que fico baralhado. Existe quem foi “adubado” em “jokes” e MA foi um deles, Insha`Allah. Foram os destinos. Vamos contar algumas dele.

Número 1 – Como convidado, num debate na Empresa de Eletricidade, sobre a Europa, convida a sua candidata, que não aparecia no painel de oradores, para “orar” (porque de obrar …nada ) sobre o que tem feito na Europa. A senhorita, colocou o microfone entre mãos e “aqui vai disto, Evaristo”. Fez tudo e mais alguma coisa na Europa pela Madeira e se lhe dessem tempo, ainda iria dizer, que foi ela que escolheu o serviço de copos para Junker ( aqueles muito brancos, de cristal de guano de Porto Santo, onde o Gin parece igual à água ) ou o azul da bandeira da Europa. Miguel não perde uma para os seus. O que me chateia nele, é que perde sempre muitas para nós, os governados ( é rasca esta piada, não é ? ). 

Número 2 – confesso que fiquei todo babado, quando vi uma foto de MA a tocar piano. Logo a seguir arrepiei-me. Pensei logo, “estás-nos a dar música” e ainda por cima pode ser em play-back Não seria inédito, acrescento. Pela foto, até parece o André Rieu a tocar.  Mas é uma “joke music”, aquela foto. Toda sabemos que música MA toca. Conhece o “bailinho que vos dou” e mesmo assim, sempre desafinado. É uma “joke” de músico. O diabo é o cachet que todos temos de lhe pagar … por enquanto.


Número 3 – MA deu 80 000 € para proteger as cabras, cabritos, bodes, ….. nos montes. Faz muito bem. Também inaugurou um gabinete de estética. Pois fez, também bem, As cabras são bem vindas para uma chanfana e MA precisa de retoques de vez em quando, nas "facies". Mas é uma “joke” ver um Presidente de Governo Regional, prestar-se a isto. Vai haver um dia que ainda o vamos ver inaugurar e já agora usar, uns sanitários públicos. Dois em um. Não parece Presidente, parece …..uma “factory of joke news”.
Os loucos e os tolos só vêem através do seu humor, François de Rouchefaucault
Número 4 – E quando fala em ferry, para o destino mais próximo de Lisboa, Portimão, em vez do aeroporto no Montijo, que fica mais longe !!! Hilariante. Mas agora a sério, não fico nada contente quando ao fazer contas, reparei que o preço médio por Km de um bilhete para Portimão, é MAIS BARATO que para Porto Santo. Aqui está uma “joke” de que não gosto nada. Mas de onde se tira uma ilação: já se sabe como os Sousas enriquecem. Isto é uma “diamond joke news to Sousas” com a benção do (des)GR.

Vice-Presidente do Governo Regional

Número 1 – O JM de 8 de Maio ultimo, refere que  na comissão parlamentar que “investiga-e-todos-nós-sabemos-como-vai-acabar-essas-investigação-e-resultado-final” as relações de Pedro Calado com o Grupo AFA, que este teve uma epifania a minha democracia é muito diferente da democracia dos senhores”. Ora aqui está uma “joke news” em todo o seu esplendor e graciosidade. Não sei qual a democracia de PC, se é aquela em que “o que é meu é meu, e o que é teu é meu”; se é a democracia do tabefe e da calúnia ( como os boys fazem ); se é a democracia das facadas nas costas ( como gosta sublimemente fazer com o chefe ) ou se é  a democracia musculada ( á Maduro). Mas uma certeza temos: não é a democracia do voto popular. Só de alguns. É um verdadeiro “precious joke news”.

Número 2 – Pedro Calado, antigo empregado da AFA, AFAVIAS ou quejandos, é vice-presidente do (des)GR. Como Vice, assinou contratos com aquele grupo na ordem dos 53 milhões de euros em 18 meses ( são cerca de 3,000, 000 € por mês ). Nada mau para uma empresa com um ex-empregado no Governo. PC diz que coloca um processo cível a quem o criticar ou aludir a ligações menos “claras” entre ele e a AFA. Bom, tenho um problema: é que sem PC no (des)GR, a AFA só ganhava cerca de 1,200,000 € mês, de acordo com aquilo que vi no Joram. Só pode ser uma “ darkness joke news” esta situação ou um “governance game” para PC. E agora, processo ? Ou comissão ? Por mim, preferia a comissão se faz favor. Até aparecia na TV, nos live blogs e iria conhecer finalmente e pessoalmente os “amigos” de que aqui tenho falado tanto.
O humorista é quase sempre um homem pouco benevolente e nunca feliz, Hippolyte Taine
Número 3 – Diz que a Madeira está a crescer continuamente à 65 meses !!!!!  Mas diz o INE que a taxa de pobreza na Madeira está a crescer, também !!!! Foram cerca 29% em 2018 e agora já vai nos 31%. Aqui está PC e as suas “malicious accounts for deception of jokes” e uma “joke news” de muito mau gosto. Claro, à moda deste " joke (des)GR" .

“Joke comission about”  Medicina Nuclear

Para além do resultado esperado ( PSD-M ), e da híper velocidade também esperada, chegou a brilhantes conclusões. Uma delas é de que o valor por exame, seria mais elevado no Hospital Nélio Mendonça, por causa do salário de Rafael Macedo, do que no privado. Bom, aquilo, os "comissionistas do PSD-M",  são uma autêntica “clown of joke news” e mais uma vez percebe-se, como as contas da região são tratadas. Vamos lá a explicar a Johnny Player Medicines, relator, Eduardo, aqui mãos de tesoura,  Rodrigues do caos, e os outros 4 do PSD-M, como aquelas conclusões,  caem na categoria  “imbeciles jokes”. Vou tentar explicar, como se todos andássemos na Escolinha:

Evidência 1 - os custos dos exames refletem, não só o custo do salário de RM, como TAMBÉM  da equipa que o auxilia. Nestes custos, juntam-se os custos operacionais, os CFe´s ,juros, amortizações, ...

Evidência 2 - quantos mais exames se fizerem, menor o custo de exame, dado que os custos com pessoal, operacionais e todos os outros são fixos (por exame).

Evidência 3 - Se RM se queixava que fazia 2/3/4 exames por dia, quando podia fazer mais, obviamente que os custos por exame são maiores, do que se fizesse 9\10\11 como disse que podia fazer

Evidência 4 - Se é assim, cabe exclusivamente ao hospital e respetiva equipa de gestão, as responsabilidades de aquela equipa e unidade de medicina nuclear, serem menos usadas.

Conclusão óbvia - Pelo que naturalmente, a má gestão económica, financeira daquela unidade deverá ser assacada ao Sesaram, Hospital e não ao ordenado de RM.

Miséria de conclusão - percebe-se que aquela equipa do PSD-M que votou aquele relatório final ou não foi honesta, ou então nada sabe do que estiveram a votar, apesar da mesma ser constituída por gestores, advogados, economistas…. ( ai se o Ramos filho, pratica estas contas, nas empresas do Ramos pai, que custaram quase 50 anos a crescer ..... )  São autênticos “ridiculous jokes of news”
Descobrem-se maneiras de curar a loucura, mas não se encontra nenhuma para endireitar um espírito louco, François La Rouchefoucauld
Em conclusão, temos autênticos “jokes news of cowboys” no (des)GR e ALRM que ás tantas já poderão ser reconhecidos, respectivamente como “club for joke news” e “ assembly club for some joke news”. O primeiro será restrito apenas a “jokes news” , sendo que no segundo podem comparecer “some cartoons of  joke news”. 

E agora um verdadeiro mestre de anedotas e a sua "ida à guerra"

Share on Google Plus

0 comentários:

Enviar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.