A Esquadra dos Transportes Especiais


A visita do Presidente da República à Região esta semana, num dia em que houve igualmente a necessidade de efectuar um transporte médico urgente de um bebé para o Continente veio dar uma maior visibilidade à missão de uma Esquadra da Força Aérea que, passa muitas vezes despercebida, apesar da sua crucial importância.
Bandeira da Presidência da República no cockpit, indicativa do transporte do Supremo Magistrado da Nação (Presidente da República)
Refiro-me à Esquadra 504 "Linces", que opera os aviões Falcon 50 e que na passada quinta-feira, com um dos seus aparelhos (17401) adstrito à visita do Presidente da República à Madeira e Porto Santo, empenhou o seu segundo Falcon (de um total de 3 aparelhos), 17402 numa missão de transporte médico urgente, com chegada à Região pelas 16:15 e saída para Lisboa cerca de uma hora depois, onde estava já uma equipa do INEM pronta para o transporte da criança para o Hospital, cumprindo desta forma um conjunto simultâneo de missões bem demonstrativa das suas principais atribuições.
aterrando na Madeira, com o Presidente da República a bordo, aquando da tragédia da queda da árvore no Monte
A Esquadra 504 tem precisamente como principal missão a execução de transporte aéreo especial, especificamente o transporte de altas individualidades (o chamado transporte de VIP's, que tanto podem ser nacionais ou estrangeiros) e outras missões de transporte aéreo especial que, na minha opinião, são efectivamente as que se revestem de maior importância, como por exemplo os transportes médicos urgentes/especiais ou as missões de apoio ao transporte de órgãos para transplante, e ainda outras missões de transporte logístico diverso.

Esta Esquadra foi formada a 12 de Janeiro de 1985 com o objectivo de operar os 3 aparelhos Falcon 20 (do tipo jacto privado), aquiridos em finais de 1984 à Federal Express, tendo ficado então sediada na Base Aérea nº6, no Montijo.

Nesta altura, além das missões que já referi e que são desempenhadas actualmente, um destes aparelhos Falcon 20 (o 8103, que posteriormente foi renumerado de 17103) foi equipado com aparelhagem que permitia à Força Aérea fazer a verificação e calibração de ajudas à navegação (os aparelhos instalados em vários pontos do país que emitem sinais e informações diversas para navegação das aeronaves), serviço que actualmente é efectuado para a NAV por empresas privadas.

A partir de 1989 a Força Aérea recebeu 3 aparelhos Falcon 50, maiores, com maior autonomia e uma série de evoluções relativamente aos seus antecessores, que ditaram a venda de 2 dos Falcon 20 para o Canadá, ficando apenas um desses aparelhos na Força Aérea, actualmente preservado no Museu do Ar, em Sintra.
Falcon 20 17103 que disponha de equipamento de verificação/calibração de ajudas à navegação, no Museu do Ar, em Sintra.
Actualmente a Esquadra 504 (desde 1990) está permanentemente destacada no AT1 (Aeródromo de Transito nº1, em Figo Maduro, que na prática é uma zona pertencente ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa), mercê do tipo de missões que efectua.

A missão:
Embora as missões desta pequena Esquadra da Força Aérea passem muitas vezes ao lado do comum dos cidadãos, mais uma vez o nosso "estatuto" de ilhéus leva a que a mesma assuma uma importância e destaque maior do que eventualmente noutros pontos do país, já que além das já referidas missões de transporte de altas individualidades como foi o caso do Presidente da República, nesta semana e noutras ocasiões, são inúmeras as vezes em que a vinda destes aparelhos à Região passa despercebida no apoio a missões de recolha e transporte de órgãos (muitas vezes efectuadas durante a noite) e em missões (estas já mais noticiadas, como foi o caso desta semana) de transporte médico urgente que podem ir desde o transporte de recém-nascidos a outros tipos de transportes urgentes (queimados, por exemplo) em que a velocidade e outras capacidades (voo a baixa altitude, por exemplo) são essenciais na salvaguarda da vida humana.
Falcon 50 17401 em treinos na Madeira
Adicionamos entretanto os dados de missão para 2017/2018 (até Outubro) fornecidos pela Força Aérea:
(Clique na Imagem para visualizar em tamanho maior)
Rui Sousa Planes&Stuff...
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.