Obviamente, demitam-se!

É uma verdade básica da condição humana que todo mundo mente. A única variável é sobre o quê, Dr. House
Quando em “Uma Saúde paliativa”, artigo que escrevi no DN Madeira no dia 24 janeiro último, longe de mim pensar que em apenas 11 dias, alguns factos lá apontados, me viessem dar razão. Escrevi na altura que Se o SESARAM estava mal, ficou a saber-se que vai ficar pior, seja pelo “colégio” de interesses instalados, seja porque Rafaela falha como líder.”  Falava sobre uma reunião promovida pela atual Presidente do SESARAM, Rafaela Fernandes, com o propósito firme de afastar a Dra. Filomena Gonçalves, da direção clínica do Sesaram, indicada politicamente pelo cds-M para aquelas funções.

Salientei e lamentei também naquele artigo “ Chocante que, claramente, se admita que são feitas nomeações, à medida por interesse partidário, logo na Saúde, com a bênção dos profissionais escolhidos (ética?) “. Parece-me e face ao que aconteceu ontem, que os “ cerca de 40 médicos, entre directores de serviço, ex-directores clínicos e dois ex-secretários regionais da Saúde  leram o meu artigo, porque, vejam aqui “ Médicos do SESARAM condenam partidarização da área clínica da Saúde”. Reparem na nuance, área clínica. O resto, não. E o resto ....são os cargos que ocupam, por nomeação política, não por competência profissional parecem dizer.
Os melhores médicos do mundo são: o Dr. Dieta, o Dr. Tranquilidade e o Dr. Alegria, Jonathan Swift
As declarações de Rafaela Fernandes na TSF Madeira, no dia 2 deste mês, não foram inocentes.  Percebeu-se de novo que esta não queria Filomena Gonçalves, como não quer Mário Pereira na Direção clínica do SESARAM. O GR decidiu, disse, portanto nada a fazer e MP terá de se haver com o que ali tem. Menos de 24h, depois destas declarações e insinuações, aconteceu a reunião dos médicos. Causa, efeito ou efeito da causa ?.
Ficam várias questões que não foram respondidas:

1) Os médicos sabem o que disseram? è que muitos deles, se não a maioria, devem os seus postos não devido a critérios profissionais, mas critérios políticos, começando com Filomeno Paulo “et les outres” que ficaram bem na foto.

2) Retiraram conclusões e consequências do que manifestaram e não têm vergonha, por o fazer? o lema deles parece ser "Ouçam o que digo, não o que faço/fiz" ? E se não sabem do que falam e consequências, podemos confiar neles pelo que fazem ?

3) Vão demitir-se se MP tomar posse? Ou vão infernizá-lo? Porque o que não querem que aconteça com MP ( indicação política ), afinal aconteceu com eles. “Jobs for the boys  medical oranges” . Sabemos que a moral, o corpo  ….. estão fracos e o esquecimento "selectivo", é grande.  Penso que naturalmente não vão assumir saídas, mas permanências alegando as mais diversas razões, inclusive o “amor (retornado, diriam muitos) á camisola “., e como diz(ia) um distinto médico da praça, por acaso ortopedista, o ordenado no SESARAM; ajuda para pagar as férias ( e a casa.).
É muito maior o mal que pode fazer um médico ignorante, do que o bem que pode fazer um médico sabedor, Paolo Mantegazza
4) Rafaela foi contra Filomena e agora tem de receber MP. Vai demitir-se se MP tomar posse? Quem preside e tem alguém "imposto" por fora para a sua equipa, é dirigida. Não preside, é presidida. Está com trela, Rafaela. Será uma faz de conta que é .....

5) Se não se demitir, afinal o que disse no tal meu artigo sobre Rafaela Fernandes é verdade. Profissionalmente “será apenas demonstração de falta de carácter, de liderança, de coragem”. Um "lider" assim ?

6) Se não, vai, Rafaela com os médicos, infernizá-lo nas suas funções? Como vai ser o ambiente no CA do SESARAM entre o “imposto” e os “atrelados” ?

7) O Secretário da (não)saúde também foi obrigado a admitir MP. Aquele que tanto o criticou e ás suas políticas. Antes, muito antes. PR agora parece cristão novo, ou MP ? Ou ambos ? Vai demitir-se PR? Vai infernizar? Ou vai assobiar para o lado, porque a dignidade já era ? Ou tornar-se-á o APENAS Secretário sombra ? Um "quasi....". A digestão do sapo vai ser longa ?

8) E Mário Pereira? Também não acha que está a mais? Vai ficar só para chatear ? Tipo “cá se fazem, cá se pagam” ou é, como dizem ( e fazem ) os colegas “mais um boy para um job” ? Estão bem, uns para os outros.

9) No final, como disse num artigo sobre o GR, perfeitamente aplicado no SESARAM, ali, existem apenas dois grupos: os que não são capazes de nada e os capazes de tudo

E quem precisa da Saúde na Madeira, paciência. Está a mais. Ou vão ao conforto, aconchego do privado.
Morreu de quatro médicos e dois farmacêuticos, Jean Moliére
O Coronavirus x Pedro Ramos

O GR na pessoa de PR, diz já terem tudo preparado para fazer face a este vírus!!!!. Existe uma crise mundial, é bom estarmos prevenidos, mas isto cheira-me apenas a propaganda. È que a Saúde está tão mal, com estes casos todos de falta de moral e bestialidade, que se têm passado, que terá de haver um “inimigo” para desviar as atenções e dar mostra de eficiência na total ineficiência, confusão e rebaldaria na Saúde da RAM. 

PR juntou-se à crise dos incapazes, quando recentemente disse que “o conforto é podermos ir aos privados se necessário”. Aqui está , preto no branco a incapacidade e ignorância a falar. PR diz estar tudo bem …mas , existem os privados. Excelente. Tenho o azar de não trabalhar na Madeira com tanto conforto para os privados. É bom poder contar com os privados, mas PR não devia dizê-lo assim. Ou será administrador de algum privado, portanto ocupa o cargo errado ?

Mas o que PR não diz, é que NÃO existe capacidade instalada para um surto deste tipo de gripe. Nem técnica, nem profissional. Muito menos laboratorial. E os privados….também não. Falar em quartos de pressão negativa.... e demais , é atirar areia para os olhos das pessoas. O ar, os detritos, os equipamentos, as águas.... também devem estar isoladas e tratadas. PR não devia alarmar, mas está a alarmar as pessoas. Se agora sem este vírus, a Saúde está uma desgraça, com...... vai ser um pandemónio. Ou quer PR usar as Selvagens, Desertas, talvez Porto Santo para quarentena ?
O melhor médico é aquele que se procura e não se encontra, Denis Diderot
Pedro Ramos cria o alarmismo, para não se poderem falar em casos bem mais reais, como a incapacidade do HNM nas urgências, nos atendimentos ,…… Pedro Ramos cria o alarmismo, para o ajudar e arranjar amanhã um novo bode expiatório. Estou a vê-lo dizer, não fizemos porque …… desviámos recursos para nos prepararmos para o surto do coronavírus.
Quando os médicos diferem, o paciente morre, Confúcio
Já agora, Pedro Ramos já ouviu falar nas quarentenas e proibições que se dão a navios com casos a bordo ? E a prevenção no aeroporto ? Sabe ele, que quem vai para a Madeira já passou por Lisboa, Porto, ….. Paris, Londres ….. e que estes aeroportos já estão preparados para este tipo de monitorização ? Sejamos práticos e reais. As probabilidades de nós recebermos pessoas infetadas com este vírus, são mínimas. Mas será que PR terá como objetivo com estas declarações, ajudar os amigos do GR e enchendo peito, fazer as pessoas pensar que o turismo está em alta, os aviões chegam em catadupa, bem como os paquetes....... Eu estaria mais preocupado com a crise n(o)as bananas.

Augusta Aguiar

Na semana passada no plenário da ALRM, Augusta Aguiar referiu que não é necessário, reparem nisto “aumentar o salário mínimo” porque depois existem um conjunto de ajudas que as pessoas podem requerer". Por outras palavras, nas entrelinhas: as pessoas se quiserem, podem completar o seu ordenado, com ajudas extra, dada por nós!!!.  Para quem não percebeu bem: VAMOS CRIAR UMA CLASSE DE DEPENDENTES ECONÓMICOS, DE NÓS, GOVERNO REGIONAL E HOJE, COMO AMANHÃ, PRÓXIMAS ELEIÇÕES POR EXEMPLO, VAMOS RECORDAR-VOS ISSO. Um povo ameaçado, os mais pobres e necessitados, por uma Secretária sem nenhum respeito por aqueles que deviam ser protegidos pela sua Secretaria, A Segurança Social e  Secretaria da Inclusão no seu melhor: fazer pressão política, para obtenção de futuros/atuais dividendos ( pelo menos calar o povo )
Se Deus criou as pessoas para amar e as coisas para cuidar, por que amamos as coisas e usamos as pessoas?, Bob Marley
A Causa Social na Madeira para que serve ? Não sabemos. Na sua génese é para ajudar a população menos protegida e mais necessitada, na procura de empregos. Mas na prática o que ocorre dizer, é que foi mais uma “manhice” para subcontratar e manter pessoas na precariedade. Um requinte, para manter pessoas dependentes dos desígnios de alguém, usando os contratos a termo como arma social e política. Mais um meio para  calar um povo.

A Segurança Social, queixa-se de não ter mãos a medir. Isto indicia duas coisas. A primeira que existe neste paraíso laranja, muitos necessitados ( um contrassenso para o GR ) ; a segunda é que na segurança social, existem muitos “jobs for the boys” que nada fazem. Chefiam e ganham. Augusta Aguiar permitiu isso, como permitiu segundo palavras dela, em 2018 e 2019, anos do seu mandato como presidente da Seg. Social, prescreverem 51,7 milhões de euros de dividas. Também vai responder ao TC ? Ou aligeirou a carga para os ombros de quem ficou lá ou a substituiu ? Sim, ela tem uma desculpa: diz que arrecadou mais !!!! Isto faz-me lembrar aquela anedota: O homem morreu, porque a ambulância não chegou. Mas morreu na praia, com uma caipirinha na mão, uma boazona na outra. Morreu feliz.
Eu sou muito bonito para cuidar da papelada, Dr. House
Também soubemos , que as IPSS´svão deixar de ter uma tutela, a Segurança Social, mas várias e de outras secretarias. Cheira-me a mais “boys para jobs” em cada secretaria que vai tutelar as IPSS´s , naquela área e ausência e dispersão de autoridade ( que já não era muita ). Uma rebaldaria , onde todos vão mandar, nada fazer e as IPSS´s e outros, cada vez mais a fugirem a regras e boas práticas.
Já agora e isto é para memória futura, Augusta Aguiar lembra que uma IPSS, pode ter as contas negativas mas legais. Portanto, esta alma de Deus, não se pergunta PORQUE É QUE AS IPSS´S APESAR DE TODAS AS AJUDAS DO GR E MUITAS COM BENS ENTREGUES PELOS UTENTES,  continuam a ter resultados negativos ? E vai continuar entregar dinheiro ? Não fiscaliza ? Ou agora será, não fiscalizam ? Percebe-se agora porque dividir as IPSS´s por várias Secretarias. Assim ninguém é culpado.  
Quem dedica seu tempo em si próprio não tem tempo para cuidar da vida alheia, Priscila Murad
Porque Diabo, este pessoal não se demite ? Não existe vergonha, orgulho, profissionalismo ? Afinal Augusta Aguiar e todos aqueles que refiro neste artigo, fazem prova do que digo em cima: apenas pertencem à classe de dependentes financeiros do GR e do "tachismo" para si, não para os outros. São o exemplo que tenho razão e que o GR pretende. Dependência. 


Deus nos valha. Help me, Beatles. 
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.