Não passarão!


 Contra a ignorância e pela luz sempre!

No próximo dia 10 de Agosto, juntar-se-ão na nossa bela capital Lisboa, alguns dos grupos ''humanos'' mais execráveis que existem no nosso continente: neonazis, neofascistas, racistas, antissemitas, islamófobos e conspiracionistas vários.

Felizmente, em nome da verdade e da verdadeira liberdade (QUE NÃO É ADMITIR NA POLIS DEMOCRÁTICA AQUELES QUE EXPLICITAMENTE A QUEREM DESTRUIR E PERVERTER), que grupos antifascistas se estão a organizar para mostrar que a essência do nosso povo e país é, sempre foi, multicultural, mestiça, aberta, inclusiva e anti-autoritária.

Claro que os intelectualmente desonestos, e não por acaso, virão com a conversa da treta de que temos que respeitar todas as opiniões, incluindo as neonazis, dentro de uma democracia ...

NÃO! Os totalitarismos, o fascismo, o racismo, configuram ideologias de ódio que implicam EM SI MESMAS, EXPLICITAMENTE, o apelo à violência e ao assassínio dos seus adversários; portanto, não se tratam de opiniões legitimas, como quaisquer outras, trata-se de gente que mata, e deseja matar, outros seres humanos, tratam-se de criminosos e de assassinos em acto e em potência.

A nossa constituição, e bem, proíbe explicitamente a propaganda da ideologia fascista e a existência de organizações que a promovam, COMO SE PERMITE ENTÃO QUE ISTO ACONTEÇA na capital do nosso país?

E mais, este encontro tem a missão de inverter o facto de Portugal ser um dos únicos países europeus sem expressão política e eleitoral da extrema-direita, e de dar uma mãozinha à gentalha do PNR e aos ''justiceiros'' populistas, também plenamente de extrema-direita, tipo Andrés Venturas e quejandos.

O fascismo não passará!
Contra a ignorância e pela Luz sempre!
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.