Saúde termómetro da sociedade


O estado da saúde, sobretudo, o que um povo pensa sobre a situação geral dos serviços de saúde, é o reflexo sensível do estado mais geral da sociedade e reflete os mais diversos aspetos da sociedade.

 Incidem sobre as condições de saúde fatores tão díspares quanto a precariedade laboral, a qualidade do emprego, os níveis salariais, as formas de organização familiar. Incidem sobre os níveis e garantias da prestação de cuidados de saúde os investimentos em saneamento básico, os hábitos de higiene familiar, fenómenos ambientais e, mais especificamente, as implicações das políticas de saúde, em cujo vértice se encontra quem tutela os serviços de saúde.

Assim, a saúde de um povo é um termómetro da sociedade.

Na Região Autónoma da Madeira o que sobre o sector da saúde pensa o povo atinge o grau da maior negatividade. Para além da generalizada perceção da prolongada instabilidade funcional, que se reflete no Serviço Regional de Saúde com a entrada e saída de Secretários Regionais com a tutela da saúde durante o governo presidido por Miguel Albuquerque, existe ainda uma permanente conflitualidade com expressões públicas. Não só tem faltado capacidade de gerar uma necessária pacificação do sector da saúde, como tem faltado capacidade de liderança e de motivação dos profissionais da saúde à volta de um projeto, como mobilizador das populações à volta de uma credível ação pela saúde nesta Região.

Nunca como agora o termómetro subiu tanto para níveis tão desfavoráveis para a Região e para o interesse público.

Um número cada vez maior de pessoas sente que não estão reunidas condições para confiar no regime. Uma crescente multidão deixou de reconhecer credibilidade à saúde, uma vez que se reflete a mais baixa confiança da sociedade no atual governo presidido por Miguel Albuquerque. A desconfiança reflete uma degradação da situação social, reflete uma diminuição dos níveis das condições de vida.

Portanto, a perceção do povo quanto ao serviço de saúde reflete, como um termómetro, a compreensão da sociedade quanto ao regime e seus responsáveis. É sempre a esse vértice que é atribuída a responsabilidade pelas subidas do termómetro.
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.