Evacuações Médicas e os heliportos

Evacuação Médica efectuada para o Heliporto do Hospital, quando ainda estava em uso....
Março 2012
Apesar de hoje em dia, mais que nunca, estar na moda questionar os gastos militares, sempre tive a noção (ou esperança...) que pelo menos os ilhéus sabiam valorizar a presença e missão militar entre nós, em especial na salvaguarda da vida humana, pela importância que os meios da Força Aérea e Marinha (entre outros ramos e Instituições) têm, no cumprimento de missões de busca e salvamento e Evacuações Médicas, não só entre as ilhas como também na gigantesca área marítima que nos rodeia.

Ainda esta semana chamou-me à atenção a notícia do DN (ver abaixo) que referia as 3 missões de evacuação médica efectuadas num único dia pelo helicóptero da Força Aérea baseado no Porto Santo (EH-101) a navios de cruzeiro. No entanto, não deixa igualmente de saltar à vista o facto de após a retirada das pessoas dos navios, haver a necessidade de encaminhá-las para o aeroporto da Madeira, onde são transferidas para ambulâncias para uma viagem de 20km por terra até o Hospital, o que nos leva à outra questão...
Demonstração de Salvamento, por parte da Esquadra 751, que opera o EH-101, na baía do Funchal
Num tipo de missão em que alguns minutos podem significar a diferença entre a vida e a morte, temos um Hospital com um heliporto que não é utilizado e que obriga a que as pessoas sejam transportadas para Santa Cruz, transferidas para uma ambulância e depois então transportadas via terrestre para o Hospital? Isto não é, obviamente, uma crítica à forma de operar da Força Aérea,  que nesta questão não tem qualquer culpa no cartório...Numa altura em que se discute a construção do novo Hospital, espero que esta questão seja devidamente acautelada por quem de direito a fim de evitar novos "Elefantes Brancos" que apenas servem para gastar dinheiro sem qualquer uso...
Heliporto do Porto Moniz...
Ainda na área dos "Elefantes Brancos" e heliportos, temos outro grande exemplo na costa norte, mais especificamente no Porto Moniz, com a construção de um Heliporto que, na prática não dispõe das condições para ser operado pelos helicópteros da Força Aérea...têm sido várias as missões de busca e salvamento efectuadas pela FAP na costa norte / arredores que a determinada altura têm de ser interrompidas para reabastecimento do Helicóptero...no aeroporto da Madeira...
Convenhamos que o Heliporto do Porto Moniz fica bonitinho para a foto e dá uma belo miradouro marítimo da costa norte mas, não seria mais útil dispor das condições necessárias para apoio às missões que referi?

A Esquadra 751 dispõe de um Canal no Youtube onde disponibiliza imagens de algumas das suas missões. Poderão conhecer um pouco mais desse trabalho, aqui


Rui Sousa,
Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.