A classe dos grunhos e imbecis.



É melhor não dizer nada do que ter um diálogo estéril e burro em conversas com os bípedes, Schopenhauer

Antigamente existia o MRPP, Meninos Rabinos Pinta Paredes, hoje na Madeira existem os PSD-M. Não me refiro obviamente ao psd-M, partido (pouco)social democrata da Madeira. Falo da classe dos Palhaços Senis Debochados de Máfia organizada, também, vá-se lá perceber isto, coincidência por certo, PSD - M.



Os que pertencem a esta classe, são alguns, felizmente a descer na Madeira e possuem clarissimas, certificações de (des)qualidade comuns. Normalmente, tudo o que um ser humano não dever ser, eles são e adoram ser.. São “grunhos”. Não falam, não pensam, não vêm, apenas “grunham”. E claro, adoram as redes sociais para fazer “grunhices”.


Outra coisa. São contagiosos. Um pouco como a gripe, uma constipação ou o Covid. Também na sua infinita e absoluta capacidade de intolerância e estupidez, adoram e sonham por matar, mutilar, dar porrada, insultar, confinar quem não pertence àquela classe, ou pense diferente das grunhices que defendem. Têm, aqueles óculos especiais, muito parecidos com os que o meu avô colocava na parelha de animais que puxavam a carroça. Os pobres animais para não verem mais que a frente, estes palermas para não pensarem mais para além da cassete que lhes foi introduzida naquilo que têm em cima do pescoço.  ( e eu que falava tão mal da cassete do Cunhal !!!! ). Estes grunhos são de todos os estratos sociais e profissões ( as uteis e as mais inúteis ) que existem na Madeira.

Feliz é burro porque não tem consciencia da realidade, Emil Cioran

Uma coisa comum neles é que trabalham PARA e PELA rua dos Netos, naquele edifício cinzento, que não trabalha PELO e PARA o povo da Madeira, mas PARA e PELOS seus (os que trabalham para eles e aqueles para onde eles, os das rua dos Netos trabalham). Enfim, são reles. Veja-se este link e leiam-se os comentários, meus incluídos. 


A propósito de post´s que coloquei no Facebook, uma legião de trogloditas fez tudo para me chatear, insultar…. São os Vit Mendonça, os João Correia, os Pedro Martins, os Nélio Pacato, os Nuno Mendes, …. as ( apagaram os comentários mas tenho no histórico os nomes ) Manuela Silva, os Hugo Sousa, as Ângela Silva, as Joana Abreu, as Vanessas silvas(?), uma de Caracas mas que não sabe falar espanhol, …um Larken... e um.outro.que,escrevia.assim. (.com.pontos,).que.me ameaçou.de.um.degosto.fisico. ....de.Câmara.de.Lobos. 

Aquilo é uma pandilha do catano e usam a cartilha. Usam termos tipo filho da p..., velho nojento, comunista, socialista, cubano, mer..oso, com uma tipa em Sto Amaro...., e as ideias ficam-se por ali. Também quero crer, que se alguém na rua dos Netos ou ex-residente na Qta das rosas os mandasse atirar da ponte abaixo iriam claro, Eles não pensam, senhores, alguém pensa por eles. São carne para canhão e os ...tontos não sabem isso. 


Eu penso que o pessoal da rua dos Netos, não precisava de aval de Lisboa para este SEGUNDO empréstimo que Lisboa permitiu ao GR. Bastava usarem estes mentecaptos, estes mal educados, todos sem caras, de insulto fácil e gratuito para fazerem uma "vaquinha" e o aval seria concedido pela banca Aliás, é para estes pacóvios que o aval e muito do empréstimo que a Madeira pediu, vai servir. Porque estes brutos, precisam de ser pagos. Outra opção seria o IVABO - o imposto de valor acrescentado sobre burros e oportunistas e ... aval pago. 


Aliás, espero um dia perceber, se estes pategos são pagos à peça e se esta é há hora, ao caracter, ao parágrafo, ao insulto. E se pagam imposto sobre isto. Mas devem receber por fora, como bom oportunista faz, ou fazer que o estado, a região e nós paguemos as alarvidades que produzem. Fica para outra ocasião.

Não, não tenho medo deles. São reles e nao valem um tostão furado. É que não sou Jesus e quando me batem,,,levam. O ser gentlemen, apenas entre gentlemen´s. Para a escumalha, a palavra em resposta ou a bengala
Perigo não é um cavalo na pista, é um burro na direção, anónimo

A "APÊPÊ" de Miguel Albuquerque e o APPd(*) que veio defeituoso.


Esta semana porque estive em “quarentona”, como diz MA, tive a oportunidade de procurar a tal “APÊPÊ”, não APP, que MA fala.. A que a Madeira desenvolveu superiormente, segundo todos os de regime. O chato disto é que por muito que procurasse na Google Store, ou já agora na Apple Store, nos telemóveis, não a encontrei. Uma chatice.

Então “alembrei-me” de uma coisa que tinha visto ( e registado ) quando em Agosto estava para ir à Madeira. Aquilo não é uma APP, é mesmo uma “APÊPÊ”. MA tem razão. Afinal a "coisa" é uma página web, não APP, que funciona tão bem, mas tão bem que registei-me nela umas 5 vezes. MA tem razão. Só uma "APÊPÊ" faz o que esta coisa permite. Se em Agosto registei-me e até agora nada recebi de informação sobre a Covid na Madeira, hoje testei-a. Tentei registar.me e aquilo permite vários registos, mesmo nome, mesmo tlm, ....Para avançar para o passo seguinte, só requeria o nome, o email e o género (masculino, feminino ou outro). sem isso não se avança no registo. Tudo o  resto entrava. Aliás com ou sem CC, com ou sem destino (coloquei uma das vezes como origem a LUA ) , com ou sem voo ( coloquei MARTE2030-SPACEX ) aquilo funciona. Será que estamos a falar de uma página web sexista ? Para saber quantos "outros" entram ? Boys ou girls ? Malandros. 



É uma “APÊPÊ” muito parecida com a APPd que desde sempre veio com defeito e que MA preside ( e já presidida por AJJ ). Por isso, bem pode Miguel dizer que “segue” 18 000 e tal pessoas…. afinal as que vão para a região devem preencher. O que quer dizer que não funciona, ou que ninguém que vá para a Região se importa com ela ( deviam ser muito mais). Também uma dúvida quem a desenvolveu e quem a certificou ? Mas que todos podem registar-se nela, podem. Bora lá rapaziada tonta. 

Há tantos burros mandando em homens de inteligência, que, às vezes, fico pensando que a burrice é uma ciência, António Aleixo

E é assim entre brutos e um presidente com uma APPd avariada, defeituosa desde o início, vai a Madeira. Mal, naturalmente.

OBS. E eu que queria falar no deputado Brazão e os muitos “grunhos” que colocaram comentários na sua “excelsa” e incapacitante oratória que escreveu no Facebook sobre o (não) aval do estado ao SEGUNDO  empréstimo que em menos de 2 meses Lisboa permitiu à Madeira … É que 800 milhões já lá vão….e ainda bem sem o aval de todos, madeirenses,açoreanos, beirões, transmontanos, alentejanos ...... incluídos.

(*) APPd , esta expressão retirei-a de um amigo. Mas funciona, a expressão, Não o APPd que na região nasceu defeituoso, excepto apenas para quem tem cartão, é do regime,..... Vá lá todos sabem...não vou mais uma vez repetir. 

Para os burros.também os oficiais.

Share on Google Plus

0 comentários:

Publicar um comentário

Pedimos que seja educado e responsável no seu comentário. Está sujeito a moderação.